terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Notícias sobre o caso Ana Virgínia Moraes Sardinha

Hoje visitei o site da Ana Virgínia e tive uma grata surpresa: havia informações novas e promissoras sobre seu julgamento, o qual teve início dia 13/02. Para quem não está a par dos fatos, sugiro que visitem o site criado pela Ana Rosa, sua irmã, onde ela descreve todos os fatos ocorridos desde então.

 

Para facilitar a leitura inserirei aqui todo o texto retirado do site, mas já deixo creditado aqui que tal texto foi escrito pela Ana Rosa, bem como a imagem ao lado foi retirada também do mesmo site.

 

 

 

"VIAGEM A PORTUGAL, POR ANA ROSA"

 

"11/02/08 segunda-feira: Desembarquei em Lisboa com o coração saltitante de ansiedade, pois não via a hora de rever minha irmã, depois de oito meses, dos quais sete correspondem a toda esta tragédia pela perda de Léo e pela sua prisão. Wally estava me esperando no aeroporto e fiquei hospedada em sua casa. Uma pessoa de uma grandeza de espírito inigualável. Uma francesa pedagoga que vive a 20 anos em Lisboa. Tem um sentimento de solidariedade tão grande, que seria a sua casa que acolheria Ana Virgínia, caso a justiça deferisse o pedido da liberdade vigiada.
As 13h fui para o hospital prisão, a ansiedade era tanta que nem conseguia raciocinar direito. Chegando lá, fui bem recebida na recepção: todas as guardas estavam esperando as irmãs que chegariam do Brasil.

Na entrada mesmo conheci a nossa advogada portuguesa pessoalmente, que estava visitando A Virginia, para as preparações finais de seu depoimento. Por isso, neste dia fiquei dez minutinhos com minha irmã, apenas para lhe dar um abraço bem apertado em nome de todos que torcem por ela. Fiquei na salinha de visita, e quando ela chegou, nos abraçamos tanto, e choramos muito de alegria e de saudades. Nem acreditei que estava com ela, depois de todos estes momentos aterrorizantes que passamos nos últimos meses. O braço dela está se regenerando, já consegue elevar um pouco, porém não tem resistência física. Está com um aspecto saudável, apesar das medicações, pois a achei um pouco inchada e com olheiras. Está tão branca, que nem parece a Ana Virginia sempre morena de sol."

 

"12/03/08 terça-feira: Pela manhã fiquei reunida no escritório dos advogados, onde discutimos bem as estratégias da defesa. À tarde, era o momento mais emocionante, fui para o hospital, desta vez poderia ficar o tempo integral da visita, de 14:30 as 16:00h. Conversamos muito e não choramos. Deixei com ela uma roupa mais arrumada, porém discreta, batom, lápis de olho e um estojinho de sombras, para ela usar no dia seguinte, na primeira audiência. Afinal neste dia seria importante ela resgatar um pouco sua vaidade de mulher bonita que sempre teve.
À noite fui conhecer pessoalmente e jantar com meu amigo Antônio Serzedelo, do Vidas Alternativas, personagem muito importante para mim, pois mesmo à distância, sempre me ajudou e apoiou muito o caso de Ana Virginia. Noite muito agradável. Para quem já entrou no portal do VA, também conheci o local onde ele faz suas entrevistas, e as minhas inclusive."

 

"13/02/08 quarta-feira: Acordei às 5 da manhã, pois fui esperar as demais testemunhas de defesa que chegavam do Brasil: Ana Regina, Joice (amiga de Viga), Dra Clarice (médica legista), César (pai de Léo) e Dr Lidivaldo Brito (procurador da justiça e amigo da família).
Fomos direto para o tribunal em Alenquer e permanecemos na sala de testemunhas, juntamente com as demais que residem em Portugal. Na sala em frente, estavam sentadas as testemunhas de acusação, inclusive o Nuno, que sequer levantou a cabeça, demonstrando total constrangimento com a presença da família de Viga.
A audiência iniciou com o depoimento de A Virginia, que durou mais de uma hora. Ela enfrentou de peito erguido o júri, apesar da arrogância de seus componentes, mas conseguiu falar. Que alívio!
Em seguida começaram os depoimentos dos bombeiros e guardas que a prenderam.
As 13 h, a juíza encerrou, marcando a nova audiência para 12 de março, porém nossas advogadas intervieram e foi concedida uma audiência extra no dia 15, para os depoimentos das testemunhas que se deslocaram do Brasil.
À tarde, eu, Rege e Joice, fomos ao hospital ver Viga. Uma festa, ela muito feliz, apresentando as irmãs para todos. Notei que está sendo bem tratada e que os funcionários têm um carinho especial por ela. Viga parecia uma criança: todo mundo que passava ela nos apresentava: olha, estas são minhas irmãs que chegaram do Brasil!, como quem diz: ei...eu tenho família viu? E eles me amam e acreditam em mim!
À noite, mais uma rodada de reunião no escritório dos advogados, para análise do andamento do julgamento e definição de novas estratégias."

 

"14/02/08 quinta-feira: À tarde, estivemos novamente com nossa Viguinha, que se mostrava mais fortalecida com nossa presença, elevando assim sua alto estima e confiança de que tudo acabará bem. Em todos estes dias sempre levávamos roupas, pijamas, material de uso pessoal, revistas e jornais do Brasil com as notícias do carnaval e, finalmente pude adquirir um estoque enorme de cartões HELLO BRAZIL!!!!!hehehe.
Saímos de lá e fomos buscar todos os pertences de Leonardo que ainda estavam em poder do antigo advogado. Trouxemos tudo para casa, pois Viga pede que se guarde até o seu retorno, quando ela pessoalmente, faz questão de doar às crianças carentes."

 

"15/02/08 sexta-feira: Pela manhã fomos para Alenquer, onde as testemunhas brasileiras prestaram depoimento. Pude realmente constatar a falta de interesse e de imparcialidade das três juízas, demonstrando um certo descaso e desprezo. Mesmo assim, neste ambiente hostil, cumprimos com os nossos papéis de testemunhas abonatórias e Dra Clarice com sua contestação do laudo, que provocou ira nas magistradas, porque não admitiam que uma médica brasileira apontasse erros em um laudo do IML português: Mas mesmo assim, cada um de nós falou tudo que nos foi previamente orientado pelas advogadas.
Novamente passamos a tarde no hospital prisão. Conheci o Dr Pedro, psicólogo do hospital que cuida e acompanha A Virginia. Um amor de pessoa, Viga sempre me falou muito bem dele e fiz questão de agradecê-lo por todo o apoio e dedicação que tem dado a ela, pois tem uma grande participação na recuperação sua emocional."

 

"16/02/08 sábado: Pela manhã eu e Ana Regina fomos tomar um café com a Vice-Cônsul do Brasil em Lisboa, Dra Marília Oliveira. Percebi que somos iluminadas, pois Deus colocou pessoas muito boas em nosso caminho. A atuação da Dra Marília na permanência de Viga no hospital foi fundamental, impedindo-a de retornar para o presídio de Tires. Coloquei-a a par do julgamento e ela me garantiu que estará presente nas próximas audiências, juntamente com prepostos do governo brasileiro, conforme Pellegrino acordo com o secretário Romeu Tuma.
À tarde fomos para o último dia de visita, e por conta disso, a Sub-Chefe da guarda prisional permitiu que ficássemos mais uma hora com ela, após o horário oficial. Passei todo este tempo olhando para Viga, já me despedindo internamente e contendo as lágrimas. As 17h o guarda avisou que o horário havia acabado. Chegou a despedida. Ela nos abraçou e estava se mantendo forte e sorrindo. Porém quando nos abraçamos, eu mesma não agüentei: ela me disse ao ouvido: “muito obrigada minha irmã, se não fosse você eu não estaria mais aqui, você é minha madrinha, substitui a mãe”. Então lhe respondi que não estou lutando por obrigação de madrinha e sim porque a amo muito."

"Foi muito duro retornar para casa e deixá-la naquele lugar que, apesar do tratamento amistoso, não é o seu lugar! Saímos e olhei para trás: ela estava atrás do vidro com aquela carinha de pedinte: “me levem também!” Descemos a rampa para a saída e ela já tinha subido e nos acenou da janela de seu quarto cheio de grades.
Chegamos no domingo, dia 17/02/08 em Salvador com o coração apertado, pois em nossa imensa bagagem, faltava a peça principal: Ana Virgínia, mas com muita confiança de que, a partir do dia 12 de março, quando serão ouvidas duas testemunhas de acusação (Nuno e uma enfermeira) e as demais de defesa, que são os médicos portugueses, que estão trabalhando junto aos advogados dela, a fim de mostrar para a justiça portuguesa todos os erros cometidos nas investigações policiais e os contidos no laudo de Léo. Agora sim, a contestação às acusações começará, e estamos nos preparando para que a verdade seja ouvida aos quatro cantos do planeta: Ana Virginia é inocente, ela não tem culpa na fatalidade que ceifou a vida de nosso Léo, pois o laudo consta que ele teve uma convulsão muito forte e por isso nos deixou. A quantidade da medicação dele encontrada em sua corrente sanguínea é muito abaixo da dose terapêutica que tomava diariamente. No próximo mês retornarei para a próxima audiência, e desta vez nossa irmã Ana Letícia irá também. Ela e Viga precisam se ver também. Sei que ainda não será desta vez que regressaremos com ela, mas na próxima...quem sabe!"

 

 

Pode não ser ainda o que desejávamos à Ana Virgínia, mas a luz no fim do túnel já se faz visível. Agora, vamos continuar torcendo para que a próxima fase do julgamento (12/03) seja mais profícua e reveladora dos verdadeiros fatos, que tudo não passou de um terrível mal-entendido.

 

Ana Virgínia, estamos contigo! Força! Agora falta pouco para que possa voltar ao seu país, sua casa e sua família!

34 Recado(s). Após o sinal, deixe o seu!:

Elô

Olá!
Passando pra fazer uma visita!!
Adorei o blog!!
Abraço

Max

Oi Juca,

Aos menos a irmã está aqui para lhe dar apoio...família nestas horas é importantíssima :)!

Engraçado como a Virgínia foi encontrar uma francesa para a ajudar, Deus enviou-a concerteza...

Desejo toda a sorte do mundo a esta moça!

Beijos

Lucas Ghellere

Puxa vida, Juca, que história! Tomara que dê tudo certo. A Justiça prevalecerá. Parabéns pelo apoio que você está dando! Abração, amigo.

Cidão

A justiça será feita. Parabéns pelo apoio! Um abraço!

luma

Juca, agora o que podemos fazer é rezar ou para quem não reza, torcer para que em Março saia tudo como o esperado. A família está munida de documentação e testemunhas. O médico do Leo também participa do julgamento. Acontece que os portugueses são arrogantes e não querem dar o braço à torcer que erraram. Álias, perante a comunidade internacional, a polícia de Portugal, a cada dia comete um erro. Talvez neste caso tenha que ter um laudo neutro. Beijus

Boa noite meu lindo irmãozinho!

Que maravilha saber dessa notícia tão boa.
Concordo com a Luma, só com uma oração e oração tem poder, tudo acabará bem.
Fique em Paz e na Paz do Senhor!

Beijos!
Te amo muitooooo!

Cristiane Fetter

Oi Juca, não precisa se incomodar, mas como eu disse, você foi um cavalheiro e continua sendo.

Tomada que tudo dê certo para a Ana Virgínia, só uma mãe sabe o que é ver um filho doente e procurar as soluções.
Depois de ler o caso dela (já faz um tempo) eu fiquei mais controlado com remédios para meu filho.
Ele tem rinite alérgica e de vez em quando tem umas crises que acabam virando infecções e febre alta, prostração e por aí vai.
Tenho que ter cuidado com a medicação que ele toma para não dar nada duplicado.
A gente faz tudo para ver o filho sem dor e sofrendo.
Acredito que a Ana não tenha feito nada contra seu filho.

Abraços

Du

Sempre que leio sobre esta história, sinto um misto de emoção com indignação que nem sei explicar direito! Aff...
Pois então, o que nos resta fazer, é continuar torcendo e rezando por Ana.

Ah, adorei demais o banner que vc fez pra mim da campanha do site do câncer de mama, ficou perfeito!

Te amo, viu?

Beijão nesse coração lindoooooooo

Juca

Olá, Elô!

Obrigado pela visita! Volte sempre! Tenha um belo final de semana!

Abraços!
Juca

Juca

Max, tem razão, a família faz toda a diferença! Que agora tudo seja esclarecido!

Beijos! Bom final de semana!
Juca

Juca

Lucas, obrigado pela visita. A divulgação desses acontecimentos é importante para deixar as pessoas mais alertas e solidárias. Afinal, todos estamos sujeitos a situações desse tipo. Mas também desejo que a justiça prevaleça!

Abração! Bom final de semana!

Juca

Cidão, que os Juízes te ouçam!! :-)

Abração!

Juca

Luma, concordo contigo, a polícia portuguesa, ou qualquer outra seja de qual país, deve ser humilde e dizer que se enganou, que foi um equívoco. Vamos esperar que a justiça portuguesa seja mais "iluminada".

Beijos! Bom final de semana!

Juca

Rô, vamos orar mesmo e torcer pela justiça!

Beijos!

Juca

Oi, Cris! Mais uma vez, obrigado pela gentileza! :-)

Pois é, fico imaginando exatamente essa sensação que uma mãe passa quando perde um filho. E neste caso, ainda tem a agravante de ter sido considerada a culpada da morte do próprio filho... Fico tentando imaginar o que se passa pela mente dela... Mas que bom que ela teve forças para continuar de cabeça erguida e firme, principalmente tendo a ajuda da família! Agora é esperar que a justica se faça!


Beijos! Bom final de semana, com neve ou sem neve!! :-) :-)

Juca

Du, é exatamente assim que sinto: impotente. Por isso, tento contribuir com esta humilde postagem para que mais pessoas sejam informadas desses absurdos e tentem se precaver.

-----------------------------------
Que bom que gostou do banner! :-)

Beijão! Também te amo muito!

Olá meu querido irmãzinho!

Passando para lhe desejar um final de semana pra lá de bom.
Fique com Deus e na sua Paz!

Te Amo muitooooooo.....!!!

Beijos grandes em seu coração!

Juca

Rô, também te amo, minha querida! Que seu final de semana seja ensolarado e tranqüilo! Obrigado pelo carinho!

Beijão!

Olá meu querido irmãozinho!


Seu cara-de-pau!
Ô meu lindo! eu adoro quando vcs me mostram que errei, as vezes cometo algumas falhas, mas devagarinho eu chego lá.Vc ainda não leu meu perfil? estes meus errinhos(rsrsrs), são minhas famosas pérolas. Bem lá para traz no começo do blog eu cometi um erro,básico da Rô, coloquei a imagem de uma Zebra dizendo que amo Girafas, a Sheilinha foi quem me corrigiu, mas isso faz parte da personalidade da vovó Rô, lerdinha que só. Mas minhas pérolas são várias qualquer dia desses vou começar a postar, em capítulos, pois são infinitas, muitas mesmo.

Mas disculpa querido já está corrigido e direitinho.
Vc é o cara-de-pau mais lindo do mundo!
Te amo!
Rô!

Osc@r Luiz

Continuo a desejar boa sorte à Ana Virgínia.
Tenho convicção de que justiça será feita e esse mal entendido será desfeito.
Um abraço!

Luci Lacey

Juca

E dia 12.03 agora e a nova audiencia, e tomara que Deus abencoe e Ana Virginia volte com Ana Rosa para o Brasil.

Ana Rosa e uma mulher de fibra.

Beijinhos

Meire

Muito triste a situaçao desta menina, mas devemos acreditar na justiça. com certeza ela via sair desta de cabeça erguida.
Abs
Meire

Olá meu lindo!

Passando para lhe pedir sua oração para o meu Nandinho, meu filho mais novo, papai do Mateus,amanhã pela manhã ele vai fazer uma cirurgia de retirada da visícula, tá cheia de pedrinhas, foi meio que de emergência, devido ao estresse,é isso que dá vcs trabalham de mais, dá nisso.
Depois conto como foi.
Desde de já te agradeço
Grandes beijos em seu coração!
Te amoooooo!
Rô!

Juca

Rô, já estou aqui emanando energias positivas pro Nandinho! A cirurgia será um sucesso! Fiquem bem!

Beijão no seu coração! Também te amo!
Juca

Juca

Rô, esqueci: obrigado por acertar meu link no post! :-)

Beijos!
Juca

Juca

Oscar, também acredito que tudo será esclarecido e a Ana Virgínia estará logo, logo aqui no Brasil!

Abração!

Juca

Pois é, Luci! Dia 12 próximo é dia de emanar pensamentos positivos pra Ana! Você tem razão, a Ana Rosa é uma mulher corajosa e batalhadora!

Beijos!

Juca

Meire, é isso que queremos da Justiça portuguesa: simplesmente que se faça justiça!

Abraços!

Meire

Viemos aqui para lembrar voce que amanha eh dia de nossa coletiva pela
valorizacao da mulher brasileira ! Ja contamos com cerca de 200
pessoas que assim como voce abracaram com carinho essa linda campanha
pelas mulheres. Amanha eh dia de luta na blogosfera e contamos com seu
apoio.

Se ainda esta sem ideias para seu post, busque inspiracao em nossos
blogs pois la voce encontrara varias ideias de abordagem. Se ainda nao
for suficiente nos escreva que podemos lhe ajudar sem duvida.

Um forte abraco e amanha fique certo que nos e mais um monte de
pessoas estaremos aqui para ler o que voce tem para nos contar !

Meire - http://meiroca.com/2008/02/05/pela-vlorizacao-da-mulher-brasileira/
Lys - http://universodesconexo.wordpress.com/coletiva-pelas-mulheres/

luma

Juca, tem como você me mandar por e-mail o código da caixinha do "Big Bang"? luma2r@gmail.com
Obrigada!! Beijus

Juca

Oi, Meire!

Tudo certo para amanhã para o post da blogagem coletiva! Qualquer coisa, peço help! :-)

Abraços!

--------------------------------------------

Luma, desculpe por não mandar antes, mas acabei de enviar por email.

Beijos!

Feliz Pácoa para o Dono da Lavanderia mais chic do mundo.

Te amo muitooo.meu querido irmão.

Beijos em seu coração!

Rô!

Juca

Oi, Rô!

Obrigado pela visitinha! Também desejo que você tenha uma Feliz Páscoa! Seu carinho sempre me faz bem! Te adoro por ser essa mulher batalhadora, carinhosa e generosa! Fique bem! Que seu final de semana seja maravilhoso!

Beijão!

Anônimo

Nossa..Hoje pela primeira vez tive a oportunidade de ler o caso de Ana Virgínia, pois trabalhei para Nuno Sampaio na imobiliaria "Boa Aposta", o qual ele é proprietario juntamente como seu pai "Manoel Sampaio"...Ambos de personalidades muito brutas, inclusive tem uma divida comigo e minha colega de trabalho, o qual não pagam, tem dividas nas finanças, não passam contrato , nem recibos verdes a nós comercias, inclusive sendo denunciados pela atual secretaria deles ( Maria João), pois não a pago tem 2 meses.Inumeras pessoas que ali trabalham, saem por desgosto. A mim ele prometeu contrato de trabalho o qual nunca cumpriu, inclusive por esse mesmo cidadão sofrir assedios e por nunca ter cedido as suas cantadas ele começou a me destratar diante aos colegas, inclusive tenho conhecimento que ele teve casos com varias mulheres que ali estiveram a trabalhar, e o que me chamou atenção que esta mesma senhora chamada Berta, o qual é ex funcionaria, testemunhou a favor dele.Inclusive no dia que ela saiu da empresa, eu estava presente e ele simplismente a expulsou da sala de reunião como se manda embora um cachorro,e a até então não percebia o porque por diversas vezes ele não á mandava embora( pois a mesma tinha umas atitudes o qual um chefe de verdade não admite e por vezes falava com ar de ameaças), ela saiu ameçando ele e delá nunca mais nós ouvimos falar nela...Por tanto, deixo aqui meus sinceros votos de que tudo isso se resolva e que me deixem informada, pois não faço ideia como corre agora nos altos.

Abraços

Silva.

Assinar Feed dos Comentários

Postar um comentário

Obrigado por deixar seu comentário sobre os serviços da "Lavanderia Virtual". Procurarei respondê-lo o mais rápido possível. Volte sempre! :-)

Abraços,
Juca (o gerente)



 

  ©Template Lavanderia Virtual, Customizado por Juca, baseado em Blogger Addicted.____Icons by DryIcons._____Ping Technorati____