quarta-feira, 15 de março de 2006

O Vaticano é habitado por extra-terrestres?

Caros Amigos!
---
Este tipo de atitude do Vaticano - mas afinal, quem faz o Vaticano, não são os homens? - só depõe contra o próprio ser humano. Por acaso crianças criadas (ou adotadas) por heterossexuais estão isentas de apresentar algum problema de comportamento? E mais: Por que o homem insiste em usar certas instituições (no caso a Igreja Católica) para atingir seus propósitos? Justamente uma instituição que deveria simplesmente pregar o amor ao próximo, seja ele negro, branco, amarelo, pobre, rico, feio ou bonito, HOMOSSEXUAL OU HETEROSSEXUAL!
---
Sei que estou me expondo demasiadamente neste tópico, mas deixarei aqui minha indignação e um breve relato de minha experiência como HOMOSSEXUAL assumido que ajudou sua mãe a criar duas irmãs maravilhosas desde criancinhas, enquanto o pai delas (heterossexual) as abandonou por completo! Dei muito afeto, amor, carinho e tudo que um irmão mais velho poderia ensinar de bom às suas irmãs, pois minha mãe precisava trabalhar muito para fazer dois papéis: o homem (provedor) e a mulher (dona-de-casa e mãe). Apesar do esforço dela, colaborei integralmente na educação das minhas irmãs. Hoje posso dizer com orgulho: minhas irmãs tornaram-se pessoas íntegras, honestas, respeitadoras, amorosas e cientes de seu papel na sociedade. As duas casaram e tiveram sua família! Aliás, uma linda família!
---
Ah, sim, antes que me esqueça: eu sou fruto do primeiro casamento de minha mãe, juntamente com mais dois irmãos (héteros, cada qual formou sua própria família). Neste caso, ela teve que abandonar meu pai porque ele não fazia jus ao papel que lhe cabia na sociedade: marido, provedor do lar, pai, amigo. Cito este fato apenas como maneira de dizer que "problemas" ocorrem em qualquer família. Minha mãe, considerada pela sociedade como ser frágil, não deixou por menos e tratou de cuidar dos filhos sozinha, dando-lhes amor, sustento, educação e moradia. Tanto os do primeiro quanto os filhos do segundo casamento contaram com sua força e coragem!
----
Quanto ao pai das minhas irmãs, aquele ser heterossexual, nunca mais as procurou! Então, vamos deixar de cuidar da vida dos outros, de apontar o dedo para o vizinho, de julgar sem antes conhecer verdadeiramente aquele ser humano!
---
O AMOR DEVERIA SER LIVRE DE QUALQUER TIPO DE JULGAMENTO OU PRECONCEITO!
---
Abraços!
Juca
---
PS1: Relutei muito em trazer esta matéria, mas acho que não posso simplesmente fechar os olhos e tapar os ouvidos, fingindo que nada acontece!
---
PS2: Quis destacar o termo heterossexual mais para dar um "choque", em contrapartida ao que o Vaticano aponta como sendo inerente ao homossexual no caso da matéria. Sempre vivi minha vida sem pensar que eu era homossexual ou que meu vizinho era heterossexual. Sigo apenas o que meu coração dita, e ele usa uma regrinha muito simples: o amor ao próximo!
---
---
Vaticano "aponta" problemas em crianças adotadas por homossexuais
---
24/02/2006
da Ansa, em Roma
---
O Vaticano além de se manifestar contra os casamentos entre homossexuais, agora se posiciona também contra a adoção de crianças por casais gays alegando que as crianças correm o risco de quando crescerem manifestarem as mesmas tendências sexuais dos seus pais adotivos. O alerta às sociedades para as conseqüências de legislações permissivas foi feito pelo sacerdote e psicanalista francês, padre Toni Anatrella, durante o seminário de estudos sobre a "questão homossexual", que ocorre em Roma na Universidade del Laterano.
---
Padre Anatrella, baseando-se na sua própria experiência clínica e científica, divulgou os resultados de uma pesquisa efetuada em 2003 nos Estados Unidos. O estudo verificou que 40% das crianças adotadas por homossexuais desenvolvem tendências gays e comportamentos psicóticos. "Se tal modelo se fortalecer como desejado por algumas legislações, nas próximas 3 ou 4 gerações assistiremos a um aumento difuso e massivo de comportamentos e patologias psicóticas".
---
Durante o seminário, falou também David Crawford, professor de teologia moral do Pontifício Instituto João Paulo 2º, que criticando o filósofo francês Michael Foucault, apoiador da cultura homossexual, denunciou a tendência "de destruir de modo violento a possibilidade de fundar uma metafísica da verdade sobre o amor heterossexual". No entanto, acrescentou que nenhum homossexual "deve sofrer discriminações ou injustiças" nem se esconder sobre o fato que "os defensores dos direitos gays desejam remodelar toda a sociedade segundo suas expectativas".
---
Durante o debate, o espanhol Dom Juan Jose Perez Soba, professor no Instituto João Paulo 2º, atacou a lei do governo espanhol que legalizou a união entre homossexuais. "Na lei espanhola da legalização dos matrimônios homossexuais simplesmente se pediu para definir o casamento como uma simples relação afetiva sem menções sobre sexualidade. É a primeira vez na história da humanidade que a sexualidade não faz parte da definição do casamento para se converter em um simples desejo mútuo", afirmou Soba.
---
"O inconcebível desta proposta é a pretensão de converter também aquilo que não supera o nível de um desejo subjetivo àquele de um direito social", disse.
---
Fonte:
Folha Online

10 Recado(s). Após o sinal, deixe o seu!:

Du

Juca, só posso te dizer que te amo mais ainda depois de ler esse post...sem palavras, meu amigo!

Beijos

Lusófona

Cheguei.... Juca, fala sério..que coragem amigo!!! Eu não sabia da sua opção sexual, ela tão pouco me interessa, continuo a achá-lo um amigo querido que tive o prazer de conhecer.

Eu sei que sustentar, educar e cuidar dos filhos não é fácil, a sua mãe deve ser uma mulher coragem e teve o opoio do filho... Que lindoooo!!

A Igreja Católica sempre meteu o bedelho nos costumes e habitos dos mortais, impondo suas regras que já não cabem mais neste mundo... É o poder amigo... mas, as pessoas estão a despertar..

Baccio per te ;)

Anônimo

É DE LAMENTAR, TAMANHA OUSADIA QUERER PASSAR POR ALTO O QUE PESSOAS DE ALTÍSSIMO BOM SENSO E COERÊNCIA, SABEM E CONHECEM O QUE CHAMAMOS DE 'PRINCÍPIO' BEM COMO A SUA VERDADEIRA DEFINIÇÃO.

FALEMOS UM POUCO SÓ SOBRE ISSO: PRINCÍPIO É PARTE DE LEIS ESTABELECIDAS POR UM DEUS IMUTÁVEL, QUE NOS CRIOU E QUE QUANDO NOS FEZ, FEZ: "HOMEM E MULHER" COMO ÚNICO PADRÃO NA ESPÉCIE HUMANA, DE MANEIRAS QUE É IMPOSSÍVEL QUERER SIMPLESMENTE ADOTAR OUTRA FORMA DE PADRÃO QUE NÃO ESTEJA DE ACORDO COM OS PRINCÍPIOS DE DEUS OU SEJA, COMO SE FOSSE DIZER QUE A 'NOITE É ENSOLARADA' OU QUE O 'SOL É FRIO'.

EMBORA SAIBAMOS QUE A IGREJA CATÓLICA TEM NEGLIGENCIADO MUITOS DESSES PRINCÍPIOS E OUTROS, ENCONTRADOS NA BÍBLIA, É LOUVÁVEL QUE AINDA POSSA-SE ESPERAR QUE A BÍBLIA ESTÁ SENDO LEVADA A SÉRIO NESSE CONTEXTO, POIS ELA NOS MOSTRA POR MILHARES DE ANOS, O POR QUE DA EXISTÊNCIA DESSE GRAVE DESVIO(O HOMOSSEXUALISMO) NOS HUMANOS, QUE INSISTEM EM FECHAR OS OLHOS E DESCONSIDERAR O QUE O PRÓPRIO DEUS QUE NOS DOTOU DO AMOR E QUE NOS ENSINA A AMAR, ESTÁ A DIZER NOS SOBRE O HOMOSSEXUALISMO.
-LEIAM NA BÍBLIA O PONTO DE VISTA DO DIVINO.
A Bíblia não enquadra os homossexuais como grupo a ser particularmente repudiado ou odiado pelos cristãos.
Porém, as Escrituras de fato apresentam as normas de moral de nosso Criador, as quais muitas vezes são contrárias aos conceitos de moral da atualidade. Os atos homossexuais, o sexo heterossexual entre pessoas não-casadas e a bestialidade são práticas condenadas na Bíblia. (Êxodo 22:19; Efésios 5:3-5) Deus destruiu Sodoma e Gomorra por causa dessas práticas sexuais. — Gênesis 13:13; 18:20; 19:4,5,24,25 - Judas 7,8. Com respeito a atos homossexuais, a Palavra de Deus diz claramente: “[Isto] é uma abominação.” (Levítico 18:22, A Bíblia de Jerusalém) A Lei de Deus para Israel determinava: “Quando um homem se deita com um macho assim como alguém se deita com uma mulher, ambos realmente fazem algo detestável. Sem falta devem ser mortos.” (Levítico 20:13) A mesma punição recebiam os que praticavam bestialidade, incesto e adultério. — Levítico 20:10-12, 14-17.
O apóstolo Paulo foi inspirado a descrever os atos homossexuais como expressões de “ignominiosos apetites sexuais” e ‘contrários à natureza’. Ele escreveu: “É por isso que Deus os entregou a ignominiosos apetites sexuais, pois tanto as suas fêmeas trocaram o uso natural de si mesmas por outro contrário à natureza; e, igualmente, até os varões abandonaram o uso natural da fêmea e ficaram violentamente inflamados na sua concupiscência de uns para com os outros, machos com machos, praticando o que é obsceno e recebendo em si mesmos a plena recompensa, que se devia ao seu erro. E assim como não aprovaram reter Deus com um conhecimento exato, Deus entregou-os a um estado mental reprovado, para fazerem as coisas que não são próprias.” — Romanos 1:26-28
veja também 1 Corintios 6:9.

Anônimo

Ei! Anônimo, tem um ditado que verazmente diz: Ouros e diamantes não estão as amóstras numa esquina ou numa arvore qualquer - é preciso buscar com muito sacrifício devido ao seu grande valor.

Assim é que eu defino a luz esclarescedora dos teus comentários;
são poucos - mas os melhores e mais refinados. Por causa disso é que neste mundo, ainda se mantém o mínimo de respeito pela vida e a instituição familiar.

Juliana Freitas

Nem vou comentar o texto, vou comentar o Anônimo!

Impressionante como sacam da Bíblia, que nada mais é do que um livro escrito por HUMANOS para justificar seus preconceitos (ema, ema, ema - cada um com seu problema), e colocando a "culpa" desdes em Deus. Ao Anônimo eu pergunto: Deus é assim? Foi Ele quem ditou essas regras?
Então não quero não, obrigada! Não quero um Deus que tá mais preocupado com a minha vida sexual do que com o que eu faço com meu semelhante, do que como eu o trato. Ele destruiu Sodoma e Gomorra porque tinha suruba demais por lá? E ainda não explodiu esse mundo cheio de desigualdade, maldade, injustiça e opressão porque?
Afff... Com quem eu trepo ou deixo de trepar, quem eu amo, ou deixo de amar não pode ser mais importante do que a maneira como eu me comporto com os outros, não pode ser mais importante do que o respeito que eu tenho, ou deixo de ter, com a vida de outrem. Sinceramente, se Deus é desse jeito, eu quero mais é que se exploda!

NANDO DAMÁZIO

Juca, este seu relato de vida é um exemplo (mais um) de que nosso caráter não é definido nem limitado por nossa sexualidade, raça ou religião ..
Nossas escohas afetivas não nos torna menos dignos como seres humanos e acredito que Deus não condena nenhuma manifestação de Amor, que é o sentimento mais sublime criado por Ele !!

Eu também escrevi sobre este assunto no meu post de terça feira lá no blog, por coincidência, pois nem sabia ainda da existência deste seu, mas compartilho com você desta indignação que, aliás, é muito digna !!
Abração, meu caro !!

Anônimo

HE HE HE... É conveniente para os homoxesuais dizer que a bíblia é um livro qualquer... assim he..he..he.. eles podem continuar se fudendo a vontade!!! É o que eles querem!!!

Du

Aff!
Se você, Sr. Anônimo se dá ao direito de vir aqui esculachar meu irmão, também me dá o direito de te chamar de ANÔNIMO DE MERDA! Nem pra assumir com uma identidade as besteiras que disse?
A Bíblia é um livro qualquer a partir do momento em que é colocada acima do respeito e do amor ao próximo. Eu penso assim e milhares de pessoas que não são bitoladas como você, seu hipócrita depravado e preconceituoso!
Eu tenho a minha fé e ela começa por ser solidária, mas não vou aqui explicar para quem não assume o que é, o que significa solidariedade e respeito. Infelizmente a religião faz isso com as pessoas com grave falha de caráter! Como você pode achar que um livro é mais importante que o respeito e o amor ao próximo?
Meu filho, as pessoas tem o direito e a liberdade de fazer o que quiserem com suas vidas, independente de opção sexual ou qualquer outro tipo de escolha. Já ouviu falar em livre-arbítrio? Pesquise. Vá estudar, porque com certeza é isto o que lhe falta.
CRETINO!

(Juca, me desculpe, mas é que esse daí realmente me tirou do sério.)

Urbano Leonel Sant' Anna

Tinha que ser um "Anônimo" para desencavar um artigo de 15 de Março de 2006, somente para mostrar desrespeito com o dono do blog!

A estes e a tantos outros "Anônimos" que andam por aí, deixo umas poucas palavras:


Pobres anônimos...

Pobres de espírito
Faltos de coragem
Desprovidos de honra

Que valor pode ter a crítica de alguém que não tem brio nem para firmar o próprio nome?

Não há por onde dar importância a estes tristes infelizes.

Sensata Paranóia

NANA

Que loucura isso aqui, hein...

Bem, tudo que havia pra ser dito, já foi falado.

"Que valor pode ter a crítica de alguém que não tem brio nem para firmar o próprio nome?" [2]


Beijão Juca

Assinar Feed dos Comentários

Postar um comentário

Obrigado por deixar seu comentário sobre os serviços da "Lavanderia Virtual". Procurarei respondê-lo o mais rápido possível. Volte sempre! :-)

Abraços,
Juca (o gerente)



 

  ©Template Lavanderia Virtual, Customizado por Juca, baseado em Blogger Addicted.____Icons by DryIcons._____Ping Technorati____