sexta-feira, 1 de agosto de 2008

A socialização nossa de cada dia, nos dai hoje!

Triste mundo, que veste quem está vestido e despe quem está nu.
(Calderón de la Barca)

Fala-se tanto ultimamente em inclusão social que resolvi pesquisar sobre o tema. Mas fiquem tranqüilos, pois não pretendo ir fundo e entediá-los com um post quilométrico. (risos) Apenas achei interessante saber um pouco mais sobre o assunto, mais especificamente sobre os cadeirantes – pessoas portadoras de necessidades especiais que conseguem se locomover por meio de cadeira de rodas, daí o termo cadeirante.
fonte: O Silva
Depois de algum tempo pesquisando, encontrei o artigo Portadores de deficiência: a questão da inclusão social, de Maria Regina Cazzaniga Maciel, que me passou uma visão sobre a necessidade de se adotar medidas que incluam desde cedo a criança portadora de necessidades especiais no ensino regular e a criação de políticas educacionais à sociedade em geral.
Como o citado artigo é de 2000, serve como parâmetro para verificar o quanto o Governo e a Sociedade progrediram sobre o tema desde então. Um resumo do artigo:
"A questão da inclusão de pessoas portadoras de necessidades especiais em todos os recursos da sociedade ainda é muito incipiente no Brasil. Movimentos nacionais e internacionais têm buscado um consenso para formatar uma política de inclusão de pessoas portadoras de deficiência na escola regular.
Passos fundamentais devem ser dados para mudar o quadro de marginalização dessas pessoas, como: alteração da visão social; inclusão escolar; acatamento à legislação vigente; maiores verbas para programas sociais; uso da mídia, da cibercultura e de novas tecnologias.
Cabe a todos os integrantes da sociedade lutar para que a inclusão social dessas pessoas seja uma realidade brasileira no próximo milênio."
Após mais algum tempo de andanças pela internet cheguei ao blog Assim Como Você, de autoria de Jairo Marques, jornalista, cadeirante. Fim da minha busca, pois aqui fiquei socializando por horas. No blog ele relata situações e aspectos do dia-a-dia de pessoas que são portadoras de necessidades especiais das mais diversas categorias.
Definição do blog, pelo próprio autor: "Aqui, você vai encontrar histórias de gente que, apesar de diferenças físicas, mentais ou de idade, vive de forma plena. O espaço também traz serviços, dicas e debates para uma vida mais acessível a todos." E tudo escrito sempre com um humor incrível e contagiante.
Entre tantos posts interessantes, dois chamaram minha atenção. O primeiro é Um sorriso para Malu:
"Todo mundo que passa por esse diário tem sempre uma grande história relativa à inclusão. Com a Malu, Maria Luiza, de cinco anos e meio, não vai ser diferente, é claro. E ela abre alas como a primeira personagem do “Assim como você” que ainda é criança!
E ela é escorpiana como eu, risonha como eu, cadeirante como eu, santista como eu (ela nasceu em Santos, e eu sou torcedor do Santos), e é linda .... (tá, tá bem, eu sou apenas bonito).
Malu nasceu com uma má-formação no sistema nervoso central. Precisa de cuidados especiais 24 horas por dia de diversos profissionais e de pais com dedicação acima da média!
Ela tem de usar um respirador artificial e se alimenta também de uma forma especial, diretamente pelo estômago. Como é de se supor, ela não tem uma rotina de criança baladeira! Porém, nada disso impediu essa coisa querida de ganhar uma passarela da moda. Eu explico “procêis”, porque eu sou um menino “bão”."
"Em certo momento, eu não sabia se eu ria, se chorava, se ria e chorava, se aplaudia, se vibrava, se gritava que nem a Priscila Rainha do Deserto, se deixava toda aquela luz e toda aquela garra daquele povo totalmente “Assim como você” cravar em mim uma noite especial, pra vida toda.
O “Noturno Cadeirantes”, para quem tá chegando agora no blog, é um espetáculo teatral/musical totalmente protagonizado por deficientes físicos. Acompanham a trupe, intérpretes cujas vozes estremecem a alma da gente por horas e horas a fio.
Confesso a vocês que eu não esperava tudo o que vi e ouvi. E a cada cena que se fechava, aquela gente que se deu de presente ir àquele espetáculo ia ao delírio fosse com os movimentos sutis de meninas lindas, fosse com um japonês que, com certeza, é parente do bozo, como eu, fosse com um careca maluco com trejeitos divertidíssimos."
Sabe aquele lugar em que nos sentimos à vontade e passamos horas por lá sem nem perceber? Foi assim que me senti ao visitá-lo. O blog é um bálsamo e uma lição para aqueles dias em que nós, ditos seres 'normais' e gozando de todos os órgãos em sua plenitude, teimamos em considerar que temos problemas.
Então, o que você está fazendo aí que ainda não foi até lá? Clique nos links, boa leitura e boa socialização! Depois me diga se não saiu de lá com a "alma lavada"!

18 Recado(s). Após o sinal, deixe o seu!:

Du

Juca, adorei a dica desse blog, deve ser muito interessante mesmo pelos posts que vc mencionou, dá pra ver a dose de bom humor e seriedade referente ao tema! Assim que tiver um tempinho, vou lá conferir!

Beijão

Juca

Du, cuidado pra não ficar lá por horas! rsrs Mas certamente você voltará lá mais vezes depois da primeira visita! :-)

Beijão!

Olá meu lindo!

Já fui conferir, e adorei.
Vou colocar por onde eu ando lá em casa.
Meu lindo, estou bem melhor, mas doí muito principalmente depois da fízio. Mas tudo bem, a natureza foi agredida agora tem que esperar o tempo dela.
Beijos em seu coração e obrigada pelo carinho!

Juca

Rô, sabia que iria gostar do blog, pois lá sentimos uma 'força estranha' no ar. :-)

Pois é, a fisio é assim mesmo, mas depois você verá que valeu a pena o sacrifício! :-)

Fique bem! Beijão!

NANA

Eu não lembro se comentei com vc sou só com a Du, mas tenho um primo tetraplégico e domingo fui assistir ao jogo (Rugbi) dele, era classificatório p/ a Para Olimpíadas e eu disse pra Du que foi maravilhoso. É animador a força deles. E o clima não é triste, pelo contrário. Foi muito divertido, apesar das dificuldades que há. Falta de apoio dos amigos, familiares, etc... Afinal, quem vai querer, num domingo nublado acordar cedinho pra ver cadeirante jogando Rugbi?
Bem, o time dele foi criado a partir de uma ONG chamada Guerreiros da Inclusão.
Vc acredita que aqui no Rio, só existem 2 ONGs voltadas p/ os cadeirantes? Pois é. Só elas duas disputaram as vagas p/ a Olimpíada. Isso pq há +/- um ano, empolgados pelo Para Pan criaram esta ONG para competir com a outra, que infelizmente esqueci o nome agora.
Durante anos, só uma ONG existia no Rio. Ou seja, falta incentivo e apoio de todas as partes.
Já imaginou quantas pessoas poderiam ter uma melhor qualidade de vida se houvesse mais programas como esses?

Juca, acho que já deu pra notar... Adorei o post.

Bêjos ;]

NANDO DAMÁZIO

Juca, que belíssimo exemplo de auto-estima, confiança e, principalmente, de CIDADANIA!

Porque as pessoas com limitações físicas devem exercer sua cidadania junto à sociedade como qualquer outra pessoa, é um direito do qual não podem ser privadas.

Muito bom você ter tocado neste assunto, cada atitude para esclarecer e diminuir o preconceito é válida e vou lá ler o blog do moço também! \o/

Abraçooooooo!

Carol

Sempre que eu vou ao cinema fico imaginando como alguém consegue ver o filme lá de baixo. Reconheço que esta melhorando, mas a acessibilidade ainda é uma quimera.

Juca

Nana, essa história você ainda não havia me contado, mas a força deles é mesmo desconcertante. Força, humor, coragem, luta diária, é mesmo uma lição de vida para todos nós!

Agora essa situação das ONG's é mesmo chata. Tanto dinheiro sendo desperdiçado em ONG's de fachada e aquelas que realmente precisam e trabalham honestamente ficam no esquecimento. Precisamos pressionar os governantes, senão eles fazem o que querem com o dinheiro público.

Eu fiquei feliz por você ter gostado do post. :-) Que seu primo possa ser exemplo para muita gente!

Beijos!

Juca

Isso mesmo, Nando, eles têm tanto direito quanto nós. Nada de querer menosprezá-los ou deixá-los à margem dos acontecimentos.

Vai lá no blog que você sentirá toda essa pujança que senti quando lá estive!

Abração!

Juca

Carol, ainda há muito por fazer para que a acessibilidade seja uma realidade perceptível, diária, normal.

Esta que você aponta é apenas uma das inúmeras situações diárias porque passam os portadores de necessidades especiais.

Beijos!

MoizaCARTUNS

E aí, maninho?

Cara! Vou ler o post depois, hehehe... mas vim agradecer pela visita e comments no meu blog tosco. Ahh, claro... e dizer que pintei seus olhos azuis por engano, hauahaiahauia! Sei lá... vi sua foto que o Amigão me mandou e juro que pensei que os olhos fossem azuis. Acho que estou ficando daltônico, hauiahaua

Abraços

Lusófona

Uma excelente abordagem, Juca!! Um grande beijo e fica bem
Lu

Juca

Moiza, adorei a caricatura e o olho azul! Obrigado! Volta quando quiser! :-)

Abração!

Juca

Lu, que bom vê-la por aqui! Adoreiiiiiii! Que bom que gostou do post!

Fique bem também! Boa semana!
Beijão!

Du

Juca, até a lesada aqui entender que tinha um "PS2" no post de cima, ela tentou comentar lá umas 15 vezes! =/

Aff! Queria te dar os parabéns pela participação no sofá, não me surpreendi porque tinha certeza que vc ia arrasar! \o/

Juca, eu queria que vc me mandasse o link daquele programa pra baixar os emoticons, quero fazer um post sobre as tuas dicas preciosas e preciso do link pra colocar no post! Pode enviar por e-mail, já que vou fazer o post só a noite mesmo. Aproveito pra te perguntar se tem como colocar mais de um blog lá no programa de postagens. Queria postar no Coisas também por lá! Se puder de tarde entra no Skype, comprei os fones! \o/
Beijão e obrigada por tudo!

PS: Se não for muito abuso, coloca o banner do Coisas Nossas e do Paralelo lá no Urbano?

Beijão

Juca

Oi, Lesada! kkkkkkkkkk :-) :-)

Boa-tarde, Du! :-)


Obrigado pelo apoio. Sei que o post foi direcionado à Ru naquela época, mas garanto que quando você me disse para usá-lo pensei logo em uma pessoa que o merecia: VOCÊ!! Mas mesmo assim, saiba que naquele momento o post não foi feito exclusivamente para ela, mas sim para todos os meus amigos, o que te incluía! :-) Bom, pode parecer desculpa esfarrapada, mas foi sincera minha atitude no Sofá do Amigão.

Quanto aos pedidos, já respondi por email.

Beijão! :-)

PS: Os banners já estão lá!

Jairo

Opa, estou aqui para agradecer a "publicidadchi", sei que estou beeeeem atrasado, mas sempre vale a intenção, né? Grande abraço..

Juca

Que honra recebê-lo por aqui, Jairo! Como diz o ditado: "antes tarde do que nunca"! :) Seja sempre bem-vindo e parabéns pelo belo trabalho em seu blog!

Abração!

Assinar Feed dos Comentários

Postar um comentário

Obrigado por deixar seu comentário sobre os serviços da "Lavanderia Virtual". Procurarei respondê-lo o mais rápido possível. Volte sempre! :-)

Abraços,
Juca (o gerente)



 

  ©Template Lavanderia Virtual, Customizado por Juca, baseado em Blogger Addicted.____Icons by DryIcons._____Ping Technorati____